Yes… we have to separate ourselves!

with No Comments

Com a vinda do pequeno bezerro cada vez mais próxima, a quantidade de consultas, exames, aulas de preparação para o parto, etc tem vindo a preencher as nossas agendas cada vez mais.

Ele é consulta para as ecografias, consulta com a parteira, consulta com o obstetra, consulta com o anestesista, aulas de preparação para o parto semanais, os exames/analises mensais, as consultas com o médico de família, etc, etc, etc.
Não é opção nossa.
É obrigatório e é necessário. E ainda bem que tudo é planeado ao pormenor para minimizar problemas e facilitar ao máximo as coisas que só por si já se sabe... não são fáceis do dia do parto e nos dias seguintes.

Acontece que na semana passada tivemos um desses dias em que tínhamos a aula de preparação para o parto de manhã e uma consulta à tarde.

Para não andarmos a correr de um lado para o outro e como ambos temos alguma flexibilidade nos respectivos trabalhos, decidimos ficar a trabalhar em casa.
Poupávamos tempo nas idas e vindas e no stress.

Mas meus amigos.... não dá!
Os dois a trabalhar em casa ao mesmo tempo??
Não funciona!

Ambos passamos o dia agarrados ao telemóvel.
É chamadas.
É conferencias.
Ora um fala Inglês e o outro está a falar Francês. 
Depois um fala Espanhol e o outro já mudou para outro idioma qualquer... parece uma chinesice nesta casa!
Depois há um que de cada vez que muda de idioma aumenta o volume e o outro fica irritado e não se consegue concentrar.
Um fica na sala e o outro fecha-se num dos quartos para minimizar a desconcentração!

Senhoreeesssss!! Não dá para aguentar!!!!

Ficou decidido: temos que nos separar!

Nestes dias, um tem que ir para o escritório e o outro pode ficar em casa!

Os dois em casa... não funciona!

Leave a Reply