Pregnancy #2

with No Comments

Na semana a seguir a termos feito o teste positivo, marquei uma consulta no nosso médico geral.
Já estaria no segundo mês de gestação, não tínhamos feito nenhum checkup médico antes e era boa ideia fazer aqueles exames/análises iniciais para saber se os assuntos mais complexos estariam controlados ou não.
Fiz análises e marquei a primeira ecografia.
A primeira ecografia é realizada entre a 11ª e a 13ª semanas e tem como objetivo esclarecer a data de início da gravidez, o tempo de gravidez já decorrido, diagnosticar possíveis malformações do feto, saber o número de embriões (aka número de putos que dali vão sair:...), o estado da placenta, membranas, etc.
Estávamos entusiasmados com a ideia de irmos fazer a ecografia, pensativos com a possibilidade de alguma revelação negativa, mas ao mesmo tempo ambos íamos sem expectativas nenhumas quanto a vermos algo em concreto. Ou seja, estávamos à espera de ver algo como um feijão. No limite como uma batata! Ou uma beringela.
Estão a perceber a ideia, certo?
Mas na verdade quando a médica pousa o ultra-som sobre a barriga tivemos uma bonita surpresa e ficámos boquiabertos!
Estávamos a ver um puto, com 2 meses e pouco, totalmente definido. Um autêntico bébé em tamanho micro! Foi uma surpresa absolutamente fantástica!

E o exame começou, com um episódio caricato.
A médica percorre a barriga, de cima abaixo explicando:
"Aqui é barriga, aqui é bébé, aqui é útero e aqui acabou! Não há mais nada!"
E nós feitos tolinhos em uníssono:
"Ahhhhhhhhh A primeira boa notícia!!! Ahahahahah É só um!!!! Ahahahahaha"
Foi a gargalhada geral, pois claro!

Mas a verdade seja dita..... eu espero ter mais do que um (vamos ver como corre com o primeiro...), mas um de cada vez!
Aquela máxima do "Gémeos?? É o dobro da felicidade!!" Naaaaa! Não me parece ser beeeemm assim!
Eu vejo mais como "Dobro da despesa", "Dobro das dores de cabeça!".
Deixemos lá vir um de cada vez, que temos tempo!

Durante toda a ecografia o puto (ou pita) não parou quieto um minuto, ora se virava de barriga para cima com as pernas cruzadas (deve pensar que está na praia), ora nos dizia Adeus com os braços/mãos, ora nos virava as costas, etc.

As primeiras fotografias:

Eu já observo ali alguma semelhança ao pai, mas digam lá que não tem potencial para ser lindo/a como a mãe??? 🙂

Resumindo... as análises estavam boas e a ecografia revelou tudo normal.
Estava na 13ª semana e o puto tinha 6 cm de comprimento.

Estas semanas, já no terceiro mês de gravidez passaram como as anteriores: tranquilas.
Zero enjoo, continuei com energia, a dormir bem, a barriga continuava a não se ver, a ir ao ginásio.
Apenas menos apetite que o habitual e deixei de querer comer pizza, chocolate e agua normal (só aromatizada). Perdi mesmo a vontade!
Felizmente isto durou apenas umas 2-3 semanas.
Como restrições do médico, apenas recebi relativamente ao sushi e aos queijos crus (não pasteurizados).
Quanto ao sushi, apesar de andar com uma vontade imeeensa para comer, aguenta-se bem. Os queijos... bom! Os queijos doi mais!
Ainda por cima eu, sendo devoradora de queijo e estando na terra deles!
As saudades que eu tenho de alguns dos meus queijos favoritos!

 

Leave a Reply